Ultimas Palavras de um Homem de Deus






Aos 18 de Fevereiro de 1546, aproximadamente ás 2:45hs da madrugada, falecia o Reformador Martinho Lutero, nos deixando suas ultimas palavras escritas (as quais seguem abaixo), que nós Filhos da Reforma possamos aprender com aquele que foi usado pelo Amado, para nos trazer de volta a Palavra.









"Ninguém pode compreender Virgílio nas suas Bucólicas e Geórgicas a não ser que primeiro tenha sido pastor ou lavrador por 5 anos.


Ninguém compreende Cícero nas suas cartas a não ser que tenha se envolvido com negócios públicos de alguma importância por 20 anos.


Que ninguém suponha que já saboreou as Escrituras suficientemente a não ser que tenha governado sobre as igrejas por 100 anos com os profetas. Portanto, existe algo maravilhoso, primeiro, sobre João Batista; segundo, sobre Cristo; terceiro sobre os apóstolos. Não toquem com a sua mão nessa divina Eneida, mas se prostrem diante dos seus vestígios, em adoração.


Nós somos mendigos. Esta é a verdade."