Junto a Cruz: Lugar de Libertação


Quando olhamos para a Cruz (hoje), vemos um símbolo de Vitória e Salvação, mas se voltarmos nos dias de Cristo não era assim. Quando se falava em Cruz, se falava de derrota e vergonha.
Agora imagine se poderíamos dizer que Cruz é Lugar de Libertação? Se Jesus está preso nela? Se coloque no lugar dos discípulos que estava olhando de longe ou no daqueles que estavam aos pés da Cruz?
Para nós é fácil, pois sabemos o final da história.
Mas pouco depois os discípulos puderam entender porque Jesus insistia em ir para a Cruz, pois aquele objeto de derrota e aprisionamento se tornaria uma maravilhosa visão de Vitória e Libertação.

1.      Libertos do Pecado; Cl 2.13-14 “E a vós outros, que estáveis mortos pelas vossas transgressões e pela incircuncisão da vossa carne, vos deu vida juntamente com ele, perdoando todos os nossos delitos; tendo cancelado o escrito de dívida, que era contra nós e que constava de ordenanças, o qual nos era prejudicial, removeu- o inteiramente, encravando-o na cruz;”

2.      Libertos do Diabo; Gl 5. 1  “Para a liberdade foi que Cristo nos libertou. Permanecei, pois, firmes e não vos submetais, de novo, a jugo de escravidão.”

3.      Libertos da Morte; Mt 27.52-53 “abriram-se os sepulcros, e muitos corpos de santos, que dormiam, ressuscitaram;  e, saindo dos sepulcros depois da ressurreição de Jesus, entraram na cidade santa e apareceram a muitos.”

4.      Libertos das Enfermidades; IPe 2. 24 “arregando ele mesmo em seu corpo, sobre o madeiro, os nossos pecados, para que nós, mortos para os pecados, vivamos para a justiça; por suas chagas, fostes sarados.”

5.      Libertos do mundo; Jo 17. 15-16  “Não peço que os tires do mundo, mas que os livres do mal. Não são do mundo, como eu do mundo não sou”

É importante notarmos que tudo aquilo que nos prendiam e nos traziam fracasso, o Senhor Jesus nos Libertou pela Cruz, por Seu Sacrifício e isto para nós é maravilhoso.
Creio que podemos sentir quase a mesma coisa que o povo de Israel sentiu no momento que passaram o Mar Vermelho, viram tudo o que lhes trazia aflição no fundo do mar, “porque os cavalos de Faraó, com os seus carros e com os seus cavalarianos, entraram no mar, e o SENHOR fez tornar sobre eles as águas do mar; mas os filhos de Israel passaram a pé enxuto pelo meio do mar.” Ex 15.19.
Queridos, fomos libertos por Cristo, e esta liberdade nos garante entrada ao Céu e às benção que são garantidas em Cristo Jesus, não há necessidade de ficarmos de cabeça baixa chorando temos de entender que somos libertos em Cristo.
Sinta esta liberdade, viva esta liberdade, pois “Se, o Filho vos libertar, verdadeiramente sereis livres.” João 8.36