Junto a Cruz: Lugar de Cura


Você deve estar lendo agora e espero que com sua Bíblia aberta em João 19.25-27 e perguntando onde está o tema cura neste texto?
Note que primeiro o Senhor curou o coração de Maria.
Quando Ele dá um novo filho a Maria além do cuidado, Lhe é dado um novo filho, João.
Para nós humanos não há nada mais difícil que o sentimento de solidão, abandono, o Senhor faz com que o coração de Maria possa se encher de alegria novamente da do lhe conforto, curando sua dor.
Em Is 49.15-16 ( “Acaso, pode uma mulher esquecer-se do filho que ainda mama, de sorte que não se compadeça do filho do seu ventre? Mas ainda que esta viesse a se esquecer dele, eu, todavia, não me esquecerei de ti. Eis que nas palmas das minhas mãos te gravei; os teus muros estão continuamente perante mim.”) a promessa é exatamente essa, “- vocês nunca ficarão sozinhos, eu sempre vou estar perto de vocês”
Junto a Cruz também é lugar de cura de traumas, pois quando nos afastamos dela corremos o risco de perdermos o foco da vontade de Deus para nós.
Veja o que aconteceu com o irmão Pedro, momento que tirou o olhar de Cristo viu-se próximo a sua decadência, seu coração foi machucado por suas próprias palavras e atitudes. João 21.3  Disse-lhes Simão Pedro: Vou pescar.
Primeiro ele nega ao Senhor, depois ele foge e se esconde chorando, e por fim depois da ressurreição ainda por vergonha ou medo decide deixar tudo de lado e voltar a pescar.
Traumas são feridas em nossos corações, são chagas em nossa alma e espinho em nosso espírito.
Mas há um quadro muito interessante. É o quadro do médico de família, alguém que sai de seu consultório e vai a cãs de seus pacientes para tratar e curar a enfermidade usando mais do que medicamentos, dando carinho e atenção.
Quando Cristo se apresenta na praia, Pedro e os outros discípulos não o reconhecem, porque?
Veja uma pessoa doente, uma de suas primeiras deficiências é a concentração, Jesus não tinha mudado sua aparência, Pedro não estava com problema de visão, mas no coração.
Seu desanimo e abatimento, afetou sua visão e concentração. E não bastando isto, sua pecaria não foi a mais prospera, pois não tinham o que comer, não havia refeição para eles, não havia peixe no barco.
Que quadro de enfermidade terrível!!!! Traumas, falta de visão, desanimo, fracasso no seu trabalho.
Mas a Bíblia deixa claro que Jesus foi ao seu encontro (Jo 21.4), e após ajudá-lo com sua fome e com o fracasso de sua pescaria, chama Pedro para uma consulta particular.
E aplica seu medicamento, Seu poderoso amor, três doses que foram suficientes para não somente levantá-lo para ser o grande pregador do dia do Pentecostes.
E esta cura, este remédio o trouxe novamente aos Pés da Cruz e isto influenciou muito, mas muito mesmo a vida de Pedro, de tal forma que “a ponto de levarem os enfermos até pelas ruas e os colocarem sobre leitos e macas, para que, ao passar Pedro, ao menos a sua sombra se projetasse nalguns deles.” (Atos 5:15).
Isto não era magia ou misticismo, é que desde que Pedro voltou aos Pés da Cruz, por onde ele passava a Cruz estava com ele. Não era a sombra de Pedro que cura, mas a sombra da Cruz que era vista em Pedro.
Não importa qual seja a sua enfermidade, no corpo, na alma ou no espírito, chegue-se aos Pés da Cruz ela pode te curar.