Junto a Cruz: Lugar de Salvação



Você já conseguiu olhar para a Cruz e ver quantas contraposições?
Lc 23.33 “Quando chegaram ao lugar chamado Calvário, ali O crucificaram, bem como aos malfeitores, um à direita, outro à esquerda.”
1º Um Ladrão Blasfemo contra Um Ladrão de Visão;
2º Um Ladrão Arrependido contra Um Homem Santo;
3º Um Homem Santo contra um Ladrão Blasfemo;
4º Pecado contra Santidade;
5º Perdão contra Injuria;
6º Arrependimento contra Rancor
A visão de quem já não podia ver mais nada
Lc 23.42-43  “E acrescentou: Jesus, lembra-te de mim quando vieres no teu reino. Jesus lhe respondeu: Em verdade te digo que hoje estarás comigo no paraíso.”
            Esta declaração de Fé deste malfeitor me arrepia.
Preste bem a atenção no que ele está dizendo: “Jesus eu creio que mesmo estando nesta Cruz Senhor é Rei Eterno, eu creio que o Senhor vira com o Teu Reino e eu gostaria que o Senhor me perdoasse e me levasse a este Reino.”
Não sei quanto a vocês mas se eu estivesse diante de Jesus talvez eu gostaria de dizer estas palavras ao Senhor.
Até a alguns minutos ou horas atrás ele era somente um malfeitor, podemos fazer varias suposições sobre o seu nome (Dimas-Demas-Dumaco), sobre seu crime (estrupador, ladrão famoso, um dos chefes da turba de Barrábas), mas agora ele era um homem suspenso entre o céu e a terra.
Caso voltasse a terra seria a mesma pessoa, para o céu seria quase impossível ir sozinho, mas a seu lado estava o Cristo, o Messias, o Ungido, e ele viu isto.
No céu o Pai Eterno não podia ver o sofrimento de Seu Filho entre o céu e a terra e na terra os homens não podiam reconhecer a Glória do Pai entre a terra e o Céu.
Mas este Bom malfeitor (não sei se existe essa expressão ou se posso dizer assim) pode ver o qual até quase a totalidade de Seus discípulos não conseguiu ver, ele viu o Rei Eterno.
Ele viu o que João Batista viu, o Cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo, ele viu além do Monte da Transfiguração, ele viu o que somente João Apostolo viu em Apocalipse 1.8-18.
Ele que estava destinado á morte e perdição eterna tornou se o primeiro há entrar no Paraíso.
Ele reconheceu o Cristo da Cruz e pode ver além da Cruz.
Talvez nós tenhamos de ver como este homem, olharmos além da Cruz, ver a promessa sendo cumprida, mesmo que não estejamos vendo a possibilidade de realização.
Muitos de nós cremos na Salvação, mas não cremos que estamos realmente salvos, olhamos para nossa cruz, ou o que nos levou e mesmo estando lado a lado com Cristo, não conseguimos sentir o prazer da Salvação.
Creio que quando Cristo lhes disse “estarás comigo” ele pode sentir o prazer de ser salvo e mesmo em seus últimos momentos de vida ele pode sentir o gozo da Salvação.
Pois Cristo nos fez algo que seria impossível para nós, diz-nos o Pastor Geziel Gomes, que Cristo com uma de suas mãos na Cruz fechou-nos as porta do inferno e com a outra abriu-nos a Porta do Céu.
Olhe e veja, Cristo está ao seu lado garantindo a Salvação para sua vida.